:. HOME .:

LABORATÓRIO DE ECOLOGIA MARINHA BÊNTICA – ECOLMAR

Rua São Francisco Xavier 524, Depto Ecologia, PHLC
Sala 220, Rio de Janeiro, RJ, 22550-900
Ramal: 7328 / 7593 (30) Fax: 2587-7614


EQUIPE

DOCENTES


Dr. Joel Christopher Creed
E-mail: jcreed@uerj.br

PROFESSORES VISITANTES

Dra Beatriz Grosso Fleury
E-mail: bgfleury@uol.com.br

PÓS-GRADUANDOS

Simone Siag Oigman-Pszczol - simone@rjpug.com.br
Bruno Gualberto Lages - brunoglages@yahoo.com.br
Alline Figueira de Paula - allinefigueira@hotmail.com

GRADUANDOS (BOLSITAS)

Carina Stefoni Bock - carina_bock@hotmail.com
Monique Kinupp - monique.kinupp@terra.com.br
Juliana Viana Caldeira - jujuca_v@yahoo.com.br
Valda Nascimento Nogueira - lucretiarocksaway@yahoo.com.br


ENSINO

São realizadas aulas práticas em Ecologia e Ecologia Marinha para graduação e pós-graduação

No início do século ecólogos começaram a reconhecer que a zona costeira oferece enormes oportunidades de testar idéias ecológicas. O potencial de uso da zona costeira para desenvolver e testar teorias ecológicas e como laboratório natural para experimentação é quase sem limite. Hoje, a ênfase está em entender processos dinâmicos, interações com oceanografia física, ecologia de abastecimento de larvas e relações entre padrões e processos em escalas espaciais e temporais. Costões rochosos e zonas de deposição estão sujeitos à fatores físicos e químicos diferentes, que refletem em biotas e processos biológicos divergentes. Portanto, o estudo em conjunto destes ambientes é especialmente útil na demonstração e confirmação de princípios ecológicos gerais, além de permitir uma investigação de interações biológicas entre estes habitats.
O Laboratório de Ecologia Marinha do Departamento de Ecologia, implantado na UERJ em abril de 1998, tem como objetivo investigar a ecologia bêntica de habitats marinhos brasileiros em águas rasas. As áreas geográficas de atuação propostas pelo projeto são: Cabo Frio, Armação dos Búzios, Angra dos Reis e Rio de Janeiro no Estado do Rio de Janeiro e esporadicamente, para fins comparativos, o sul do Estado da Bahia.
A equipe do projeto conta com o coordenador, professor visitante, alunos do Programas de Pós-graduação em Ciências Biológicas da UERJ e Pós-graduação em Zoologia do Museu Nacional/UFRJ e alunos de graduação em Ciências Biologia e Oceanografia. Os alunos de graduação e pós-graduação recebem treinamento em pesquisa e ensino e capacitação para o mercado de trabalho nas áreas de Oceanografia e Ciências Biológicas. O laboratório também conta com a colaboração de pesquisadores do Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Museu Nacional-UFRJ, Instituto de Química da UFRJ e outros professores da UERJ.
O Grupo de Pesquisa em Ecologia Marinha Bêntica objetiva formar profissionais altamente qualificados e aptos a desenvolverem atividades didáticas, de extensão e de pesquisa em ecologia marinha bêntica. As áreas englobadas pelo grupo são: 1) Biodiversidade marinha: metodologia e diagnósticos de diversos habitats; 2) Biologia e ecologia de costões rochosos e bancos de macrófitas marinhas: ecologia de populações e comunidades, interações ecológicas, influência de atividades antrópicas nas comunidades bênticas e monitoramento; 3) Susceptibilidade à introdução de espécies invasoras marinhas: sua biologia e ecologia, potencial de ameaça e manejo para o desenvolvimento sustentável; 4) Ecologia experimental.
Em abril de 2002 o laboratório assumiu a coordenação nacional do SeagrassNet, um programa de longo prazo de monitoramento de habitats formados por gramas marinhas em colaboração com pesquisadores da University of New Hampshire e University of Maryland Center for Environmental Science, EUA, IBAMA - Parque Nacional Marinhos dos Abrolhos e Universidade Federal Rural de Pernambuco, Brasil.
Em 2003 o laboratório assumiu a coordenação do Sub-projeto do Projeto de Conservação e Utilização da Diversidade Biológica Brasileira - PROBIO “RAP Ilha Grande: um leventamento da biodiversidade”, visando levantar a biodiversidade marinha da Baía da Ilha Grande em colaboração com pesquisadores do Museu Nacional (UFRJ), do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

 

LINHAS DE PESQUISA

Biodiversidade marinha
Biologia e ecologia de costões rochosos
Ecologia dos habitats formados por gramas e macroalgas marinhas
Espécies exóticas invasoras marinhas

PROJETOS

RAP Ilha Grande: um levantamento da biodiversidade
SeagrassNet
Ecologia de comunidades marinhas bênticas em águas rasas fluminenses
The Impact of Global Change on Seagrasses along the Americas
Projeto Coral-Sol.

 

:. HOME .: